Sequoia – já ouviu falar da árvore gigante?

Sequoia – você já ouviu falar dela? A maioria das pessoas nunca sequer viu uma. Não é para menos, pois essas árvores são raríssimas. Mas a imponência de uma sequoia tira o fôlego do mais desatento observador da natureza que se posiciona em frente a ela!

Recentemente, um artigo de nosso site falou sobre gatos com olhos heterocromáticos. O público gostou muito e compartilhou várias vezes o post com as lindas fotos dos felinos.

Por isso, trouxemos hoje mais um post especial já produzidos sobre a natureza em nosso site. Só que dessa vez ele fala sobre o mundo vegetal. A partir de agora, você conhecerá detalhes que talvez nunca tenha lido sobre uma das árvores mais raras da face da Terra: a sequoia! Observe com atenção as imagens que buscamos dessa obra prima da natureza, incluindo os vídeos que mostram como a grandeza de um organismo vegetal tão singelo pode nos encher de espanto e admiração!

 

sequoia
Créditos: Stylishlyme

 

O enorme tamanho de uma sequoia

De início, não se compreende o verdadeiro tamanho da sequoia. É somente quando se põe à base dela e olha para cima, ou quando anda ao redor dela e conta seus passos, que sua impressionante majestade começa a lhe ocorrer.

Para comparar quão imensa é uma sequoia, imagine só uma árvore tão alta quanto um prédio de 25 andares. Pense em um único ramo dela com mais de 1,80 metros de grossura, e visualize esse ramo tão lá no alto no tronco da árvore que poderia se erguer um prédio de doze andares debaixo dele. Considere uma sequoia cujo tronco tenha mais de 9 metros de diâmetro. Cortada e estendida de lado numa rua, atingiria o alto das janelas do terceiro andar!

 

sequoia
O Parque Nacional Yosemite, localizado nos Estados Unidos, possui três bosques de sequoias com cerca de 200 exemplares

 

As maiores dentre estas árvores contêm mais madeira do que se usa na construção de quarenta casas de cinco cômodos — embora sua madeira em geral não seja usada na construção.

Leia também sobre o incrível Parque Nacional do Teide.

A sequoia General Sherman, no Parque Nacional da Sequoia, é considerado uma dos maiores organismos do mundo. Tem uns 83 metros de altura e 31 metros de circunferência. Está longe de ser a árvore mais alta do mundo, mas seu tronco maciço se afila muito pouco, e contém uma surpreendente quantidade de madeira. Recentes estudos sugeriram que também é a coisa viva que mais rápido cresce no mundo — não em altura, mas em massa.

 

sequoia
Via tudosobreplantas.blogs.sapo.pt

 

O nascimento de uma sequoia

O nascimento de uma destas poderosas árvores é um evento raro. As maiores coisas vivas do mundo crescem duma semente tão pequena quanto uma cabeça de alfinete. É preciso umas 200.000 destas sementes para pesar um quilo!

A sequoia produz milhões de diminutas sementes, mas poucas delas germinam. Menos ainda se tornam árvores plenamente desenvolvidas. Tem-se dito: “Não é incomum ver árvores que têm dado sementes ano após ano, por mil anos ou mais, e que ainda não mostram nenhuma reprodução aos pés delas.” — Big Trees, Walter Fry, e John R. White, página 59.

 

sequoia
Via sequoiacompany.com

 

A ínfima semente da sequoia exige o solo mineral exposto. Isso só acontece depois que alguma perturbação remove a folhagem e os ramos que normalmente apinham o solo florestal. Um incêndio provocado por um relâmpago pode queimar estes restos. Ou uma árvore antiga pode cair, expondo a terra no buraco de suas raízes.

Daí, uma semente poderá saltitar para baixo, sendo levemente enterrada. Se as condições forem exatamente favoráveis, a semente da sequoia incha e uma pequena raiz surge para baixo. Um tímido pedúnculo procura a luz. Até mesmo então, suas chances de sobreviver não são grandes. Uma ave poderá espiar a casca da semente, ainda presa ao brotinho ou uma pequenina formiga talvez acabe com ela, arrastando para casa o que poderia ter sido uma das maiores coisas vivas do mundo!

Mas, uma vez ultrapassada a infância, a sequoia desenvolve-se com incrível vigor. No fim de seu primeiro século de vida, ela terá 1,80 metros de diâmetro e 45 metros de altura. Pode sobreviver a graves danos físicos.

 

sequoia
Mesmo grandes queimadas não conseguem por fim à sequoia!

 

Resistência especial da sequoia ao fogo

A casca esponjosa de cor vermelho-amarronzada da sequoia talvez chegue a ter 60 centímetros de grossura. Pensa-se ser esse um notável fator na longevidade destas árvores gigantescas.

Um relâmpago talvez surja de uma tempestade de verão, e ateie fogo à floresta. Outras grandes árvores são destruídas, consumidas pelas chamas do incêndio. Mas, a casca esponjosa da sequoia — macia o suficiente para ceder quando você a empurra com seu dedo — habilita-a a suportar o fogo selvagem quente. Com o decorrer dos séculos, as sequoias sobreviveram a um incêndio após outro. Ficam chamuscadas e feridas, marcadas vez após vez por cicatrizes, mas continuam sobrevivendo, elevando seus topos bem acima do restante da floresta.

A maioria das sequoias mais antigas têm essas ‘cicatrizes’ de incêndios. Os visitantes podem ficar em pé dentro dos recessos escurecidos abertos dentro de algumas destas árvores, e olhar para cima, através do centro queimado do tronco da árvore. Talvez tenham sido consumidos 60 metros das partes vitais duma árvore, todavia, ela continua viva até que sucessivos incêndios na floresta tenham cozido tanta madeira que a seiva não possa mais correr.

 

sequoia
A famosa sequoia General Sherman (via bboserup.wordpress.com)

 

Em geral, os danos dos incêndios são curados. Pouco a pouco, uma nova casca surge sobre a ferida, numa velocidade de talvez uns 8 milímetros por ano, até que, alguns séculos depois, ela cubra por completo a queimadura.

Quando o incêndio consumiu as árvores menores, e a luz solar de novo banha o solo, novas sementes de sequoia podem germinar. Com o tempo, estas também se tornarão, talvez, árvores gigantescas.

 

Raízes e inimigos da sequoia

Apesar de seu tremendo tamanho, a sequoia têm um sistema de raízes excepcionalmente raso. Suas raízes talvez tenham apenas 1,20 a 1,50 metros de profundidade, mas podem espalhar-se para colher nutrientes numa área de até 120 metros de um lado a outro — talvez quase 1 hectare. Seriam necessárias 500 pessoas, todas com braços estendidos, para cercar essa área das raízes. É difícil imaginar esse sistema tão raso de raízes ancorando com êxito, contra as tempestades dos séculos, uma estrutura de árvore tão alta quanto um prédio de 25 andares, e pesando tanto quanto um pequeno cargueiro transatlântico.

Nenhuma sequoia jamais morreu de doença ou de velhice, segundo se saiba. Seus inimigos são o fogo, a erosão, o vento e o homem. A erosão duma corrente próxima poderá vazar a base da sequoia, que se inclina cada vez mais, por um longo período de anos, até que, por fim, venha abaixo. Madeireiros já destruíram em um só dia sequoias que já eram velhas quando Jesus nasceu! Mas, pouco lucro veio desta destruição, visto que a madeira é quebradiça, parte-se facilmente sob a abaladora queda de tão tremenda árvore, e não é útil para construção. Muitos bosques são agora preservados como parques nacionais, para protegê-los de tal destruição, totalmente fútil e desnecessária.

 

sequoia
Ela é resistente aos rigorosos invernos dos Estados Unidos! (via travelcaffeine.com)

 

Você gostaria de ver uma sequoia de perto?

O ser humano se sente tremendamente pequeno aos pés dessas gigantes. Sua capacidade de resistir a fortes nevascas de 3 mil invernos, e as secas de inumeráveis verões sem chuvas, acha-se além de nossa limitada compreensão. Literalmente centenas de gerações de esquilos se mantiveram ocupados à sombra de uma dessas enormes árvores. Incontáveis gerações de veados, porcos-espinhos e raposas cinzentas farejaram os raminhos de sua base. Outras árvores germinaram, amadureceram, envelheceram, morreram, e foram substituídas por gerações de seus descendentes, ao passo que as sequoias permanecem, silenciosamente supremas!

 

sequoia
Parque Nacional da Sequoia, nos Estados Unidos (via tracks-trails.com)

 

Não é por nada que muitos visitantes de parques nacionais que preservam sequoias já relataram que quando param na base delas e olham para cima, começam a chorar! Você se sentiria assim? Pelas imagens que pôde ver até aqui, já deu para ter uma ideia do que representante uma sequoia!

Leia um pouco mais sobre diversos parques nacionais no mundo todo.

Teste suas emoções assistindo os vídeos abaixo, que mostram mais de perto essas raras e impressionantes árvores majestosas! E deixe seu comentário sobre o que achou das informações mais detalhadas. Se tiver imagens pessoais de alguma sequoia que você já fotografou, será um prazer poder compartilhar em nossa página no Facebook.

Entre em contato por meio do nosso e-mail: contato@javiuisso.com.br



Sequoia – já ouviu falar da árvore gigante?
5 (100%) 2 votos

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência e para entender como você usa nossos serviços. Aceito Leia Mais

error: Content is protected !!